Metodologia 5s: saiba mais sobre este método de organização.

Imagina um técnico de celular no meio da sua assistência, com celulares, tablets empilhados, papéis entulhados, pasta de solda, pulseira antiestética, estação de solda e ar quente, separadora, todas as ferramentas espalhadas. Em meio a este caos, ele recebe a ligação de um cliente pedindo orçamento, ele fecha negócio, anota os detalhes em um papel e aguarda a chegada do seu cliente.
Alguma dúvida de que o papel irá se perder? Pois é! E assim este técnico deixará escapar um vantajoso negócio ou poderá encontrar-se em uma situação de constrangimento com o seu cliente. Se ele estivesse utilizando a técnica 5s, não se encontraria nesta situação caótica.

Você já ouviu falar na metodologia 5s? Sabe do que se trata? Com o intuito de restaurar a economia do Japão após a segunda guerra mundial, o país desenvolveu o método de organização 5s. A aplicação do conceito trouxe benefícios para o país, tornando-o uma das principais economias do planeta. A metodologia 5s pode ser aplicada a empreendimentos distintos, este é um dos motivos que a torna tão eficiente.

O conceito 5s refere-se à 5 palavras: Seiri, Seiton, Seiso, Seiketsue Shitsuke. Vamos à explicação do que significa cada um destes termos:

1) Seiri (Senso de Utilização):

A proposta do primeiro S diz respeito à uma reflexão sobre o que realmente é necessário. Propõe uma busca da utilização consciente e eficiente dos recursos e dos materiais disponíveis no ambiente corporativo, seja documentos, equipamentos, ferramentas, estoques da empresa e muito mais. O objetivo é acabar com as distrações que possam atrapalhar a concentração ou produtividade no ambiente corporativo, evitar o desperdício, reduzir despesas e facilitar a limpeza.

2) Seiton (Senso de Organização):

A proposta do segundo S é referente à organização do ambiente de trabalho, tudo deve sempre estar em seu devido lugar. Quanto mais organizada a empresa for, mais será facilitada a localização de qualquer objeto, arquivo ou material, assim menos tempo será perdido procurando estas coisas básicas. Desta forma, a atenção será voltada para o que realmente importa.

3) Seiso (Senso de Limpeza):

O terceiro S tem como objetivo trazer a proposta da manutenção de um ambiente corporativo sempre limpo, criando consciência de que a limpeza é responsabilidade de todos. Um local de trabalho limpo traz um bem-estar maior para os colaboradores e clientes, isso reflete na qualidade da entrega; com a manutenção da limpeza, a possibilidade de acidentes também é reduzida, e os equipamentos tornam-se mais conservados.

4) Seiketsu (Senso de Padronização e Saúde):

O quarto S defende que para que seja preservada a saúde mental e física de cada colaborador, é necessário manter condições de trabalho favoráveis à saúde. É importante que sejam verificados o estado dos banheiros, refeitórios, salas de trabalho, entre outros. As vantagens da aplicação do Seiketsu é o equilíbrio emocional e físico e melhoria nas condições de segurança.

5) Shitsuke (Senso de Disciplina e Autodisciplina)

Para finalizar, o quinto S refere-se aos efeitos causados após a aplicação dos outros 4s, que quando inseridos no dia a dia do ambiente corporativo, gera disciplina e autodisciplina, trazendo impactos positivos para a gestão no trabalho.